Spine: Quando o youth crew encontra o powerviolence

Spine

Irmões, regozijai-vos, o powerviolence está voltando com estilo (Vaccine, Coke Bust, Nazi Dust…) e, estejam certos, essa será a próxima tendência que vocês pagarão um pau dentro de, no máxmo, um ano! Ainda bem que nego não decidiu fazer esse ~revival~ de onde a coisa parou na primeira metade dos anos 2000. Ao contrário, as bandas novas parecem estar indo ali no cerne da coisa. E por cerne da coisa eu quero dizer a cena californiana, aquela mistura linda de thrashcore, youth crew mais raivoso e grindcore. Ou o estilo antes da existência do Charles Bronson, hehehe!

E essa introdução toda foi só pra falar dessa banda que o camaradamanauara O Índio me passou ontem, o Spine (e também porque eu tomei muito café logo cedo). A banda é formada por membros de outras duas novas bandas powerviolence, o Sorry Excuse de Kansas City e o Weekend Nachos de Illinois, além de mais alguém daquela banda ~ENTOMBEDCORE~(hahahaha!) que tem o vocalista bombadão lá, o Harm’s Way - muito provavelmente alguém que toque também no WN, visto que são da mesma cidade.

O som do Spine é uma espécie de youth crew tocado à maneira powerviolence, tipo os mestres Infest e No Comment, mas num pique bem mais Floorpunch. Por causa disso eles me remeteram ao 97A,mas você precisa ouvir pra tirar suas próprias conclusões. A banda até agora lançou uma demo sensacional com um esquilo de metralhadora na capa (!!!), seu primeiro EP está saindo do forno no mês que vem e eles também contribuíram com um som para a coletânea do site Toxicbreed’s Funhouse.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Por: xmenezesx Veja todos os posts do
Ex-membro da Gangue dos Dobbermans
  • http://www.facebook.com/profile.php?id=696276529 Thiago Silva

    Um estouro.

%d bloggers like this: